Resenha: Boneco de Pano - Daniel Cole

Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 336
Tradutor: Marcelo Mendes

VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.

O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.

Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.

Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.

Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.


Classificação:       

"Fim de jogo. Anos de desconfiança e acusações sepultados com a pá de cal de alguns segundos de franqueza." Página 135 



Boneco de Pano é um dos últimos lançamentos da Editora Arqueiro que estava desejando intensamente desde a divulgação, já que amo demais thrillers policiais. Quando recebi o e-mail de aprovação da parceria, sem dúvidas, foi a minha primeira escolha para resenha e logo que a obra chegou iniciei a leitura - que foi um tanto lenta por causa da minha rotina exaustiva de trabalho no último mês. Por outro lado, pude aproveitar bem os capítulos e analisar a história de forma que não poderia fazer se a leitura fosse mais rápida. 

O livro começa contando um pouco da história do Detetive William Fawkes, um homem profundamente abalado por conta do último caso que fora investigador, Naguib Khalid assassinara 27 prostitutas adolescentes em 27 dias e Wolf tinha certeza que o homem era o assassino conhecido como "O Cremador", porém o Juri considerou as provas circunstanciais e deixou o réu em liberdade. Mas antes o Detetive Fawkes tentou matá-lo e garantiu sua ida para um hospital psiquiátrico.  Ainda na instituição médica Wolf vê em um noticiário que Khalid assassinou mais uma jovem e dessa vez será condenado por seus crimes. 

Quatro anos depois, Wolf é solicitado em uma cena de crime e além de sua consultoria necessária para a resolução do crime, ele é apontado por um colega de trabalho como o principal suspeito do crime. Um corpo composto com partes do corpo de seis pessoas fora encontrado no prédio em frente ao de Wolf e o "boneco de pano" está apontado para a janela do detetive.  Com a investigação à tona, Wolf e Emily Baxter - sua parceira - começam a descobrir as partes desse quebra-cabeças, mas tudo muda quando a ex-mulher de Wolf recebe fotos da cena do crime e uma lista contendo os próximos a serem assassinados e a data em que ocorreriam os crimes. Com isso seria mais fácil descobrir a ligação entre eles e o por quê de serem os escolhidos, porém o nome de Wolf está na lista e todos começam a achar que ele é o elo de todos os crimes anteriores. Do boneco de pano a única certeza é de que a cabeça pertence à Naguib Khalid, o que leva a equipe a considerar Wolf um suspeito e vítima do caso, tornando as investigações ainda mais complicadas.


"De seis partes que compunham o Boneco, apenas uma permanecia sem identificação. Embora nenhuma das outras pessoas envolvidas no julgamento constassem na lista de desaparecidos, Simmons agora podia jurar que o nome da sexta vítima estava bem ali naquela folha de papel, encarando-o de volta." Página 188


Boneco de Pano é um livro excepcional, que leva o leitor a trilhar o mesmo caminho do Detetive William Fawkes e sua equipe para provar a sua inocência e tentar salvá-lo deste assassino impiedoso, que se mostra a cada crime uma sede por vingança e punição a todos os nomes envolvidos nessa história. 

Com relação aos aspectos editoriais o livro surpreendeu porque apesar de simples, a obra ficou bem interessante visualmente. A capa transmite ao leitor um pouco do que ele encontrará na história, as cores preta e vermelha tornaram a capa ainda mais atrativa aos olhos dos leitores. A diagramação é simples e os capítulos iniciam com a data, para facilitar a leitura, pois os capítulos são divididos em 2010 e 2014. 

A leitura é fluida e informativa, os capítulos são bem delimitados e contribuem para o melhor entendimento e sequência dos fatos. Este foi, sem dúvidas, um dos melhores livros desse ano. Um thriller emocionante, instigante e que deixa o leitor sem saber o que está acontecendo até as últimas páginas, o final foi o que mais me impressionou, além da forma com que Daniel Cole conseguiu conduzir a história sem dar muitas pistas ao leitor sobre a verdade, isto sem deixar a história monótona, a história foi escrita como piloto para uma série televisiva e espero que em breve seja realmente feita, pois estou curiosíssima para conferir. 


" - Já deixei um assassino arruinar minha vida. Não vou deixar que outro decida a minha morte.
- É assim que se fala - aplaudiu Finlay.
- Cedo ou tarde preciso retomar as rédeas da minha vida. Por que não hoje mesmo?" Página 206


7 comentários:

  1. Será que os livros precisam ser lidos me ordem? Já li algumas resenhas sobre este livro, e estou muito curiosa,pois também gosto do gênero ( e faz tempo que não leio). Parece ser aquele livro que não dá vontade de largar =) Fiquei ainda mais interessada nele e realmente a capa é simples, mas chama muito a atenção, já esta na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  2. Rafa!
    Ando com muita vontade de ler esse livro, afinal, faz tempo que li um bom livro policial, bem escrito, com personagens imperfeitos, trazendo o tom de realidade e muito sangue ‘escorrendo’ pelas páginas.
    Achei parecido com O colecionador de ossos, embora não seja tão inteligente quanto ele.
    Tenho mesmo lido muito boas resenhas do livro e um bum de que ele é muito bom.
    Desejo um mês repleto de realizações!
    “A música é uma revelação superior a toda sabedoria e filosofia.” (Ludwig van Beethoven)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Eu também amo muito thriller policiais, e a premissa do livro já me deixou completamente envolvida.
    Gosto muito quando ficamos tão envolvidos que praticamente investigamos junto com o detetive.
    E finais impressionantes são sempre os melhores.
    Espero que serie seja realmente feita também, é sempre bom podermos ver também na telinha!

    Beijinhos
    She is a bookaholic

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa!
    Já ouvi tanto falar desse livro e a minha ansiedade só aumenta ao ver tantas críticas positivas.

    Gosto muito de livros policial e investigativo eles nos envolvem e uma tal maneira que até parace que estamos vivendo a vida do personagem.Amo !

    Quero muito esse livro !
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Boneco de pano parece ser um bom thriller policial. Gosto bastante quando os autores dão pistas sobre quem é o assassino, mas mesmo assim não é possível descobrir quem é tão facilmente, tornando a descoberta algo surpreendente.
    A narrativa parece ser bem fluida, o que torna a leitura bem dinâmica.
    Adorei a capa!
    Espero ler o livro em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Esse é um dos meus gêneros preferidos, tanto para livros, quanto filmes e séries.
    E a premissa desse livro é inteligente e misteriosa, o que deixa a leitura muito envolvente. Adoro um bom enredo policial, com muita investigação e um final que impressione e até mesmo, surpreenda. Tenho certeza de que vou gostar muito da leitura!
    Excelente resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ja li algumas resenha desse livro e me deixou bastante inteigada com a trama. Uma investigação criminal, eu gosto bastante desse género e tenho uma imenso desejo de ler esse livro, ainda sim fiquei bastante curiosa com o passado do detetive é porque ele está na lista do assassino.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!