Resenha: Espero por você - Jennifer L. Armentrout

Editora: Novo Conceito
Ano: 2017
Páginas: 384

Algumas coisas valem a pena esperar. 
Algumas coisas valem a pena experimentar.
Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio.
E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. 

Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

Classificação:     



"Caramba.
Que jeito de causar uma primeira impressão em uma nova cidade, nova escola... nova vida. Fizera uma mudança de quase dois mil quilômetros para recomeçar do zero e já tinha conseguido estragar em questão de minutos." Página 12


Avery Morgansten tem dezenove anos e sua decisão mais acertada na vida foi se mudar para longe de casa, dos pais e de toda a carga emocional que aquele lugar lhe trazia. Aos quatorze anos envolveu-se com uma pessoa de caráter duvidável e seus atos lhe assombram até agora. Na nova cidade ela busca se ajustar e esquecer o passado, o que está sendo difícil por causa dos e-mails de seu primo e mensagens constantes que ela recebe, porém essas acabam sendo preocupantes já que sempre são xingamentos de uma pessoa que ela não conhece, mas sabe o que seu passado esconde. 

Em seu primeiro dia de faculdade, Avery esbarra em Cam - e apesar das discussões ele  se torna indispensável para a vida da garota. Ao descobrir que o jovem mora em seu prédio, Avery começa a notar que ele tem fama de conquistador e acaba recusando todas as vezes que ele a chama para sair, contrariando as dicas de seus amigos Jacob e Brittany. Mas isso não impede Cameron de se aproximar da protagonista e não economizar esforços ao quebrar a barreira erguida por Avery que acredita ser mais uma da lista extensa do jovem. 

Aos poucos ela começa a se abrir com Cameron e precisam juntos superar o que aconteceu com ela, voltando para a cidade em que cresceu para enfrentar os pais que tiveram uma grande parcela de culpa após o que aconteceu com a filha quando era mais nova. Apesar de ser carregado de drama, os capítulos contam com as gracinhas de Cam que envolvem, principalmente, Raphael - sua tartaruga, quebrando um pouco a carga emocional dos pensamentos de Avery. Espero por você não é uma leitura fácil, mas me manteve presa à história de Cam e Avery em todos os capítulos e não consegui largar enquanto não descobria o que aconteceria a seguir. 



"Eu tinha dezenove anos de idade. Morava sozinha. Mandei minha mãe para aquele lugar, abracei Cam e disse que tinha sentido a falta dele. Ir àquela festa não deveria ser um problema tão grande. Já estava na hora de fazer algo assim. Se eu não fizesse naquele instante, quando é que faria?
Provavelmente, nunca." Página 139


O livro é narrado em primeira pessoa, por Avery, o que dá profundidade aos pensamentos da protagonista ajudando o leitor a entender tudo o que se passa por sua cabeça, tendo que superar um trauma e tentar se abrir para as pessoas que a conheceram agora. Cam é um jovem bastante confiante e insistente, mas ao contrário de muitos personagens ele não se torna uma babaca egocêntrico, muito pelo contrário, apesar das discussões e brincadeiras que faz com Avery, ele é um porto seguro para a protagonista que - no momento certo - irá se abrir com ele e contar todo o seu passado, o que não será fácil para ela, Cam ou para você, caro leitor. A carga dramática nesta cena é de deixar o leitor arrepiado, com um misto de nojo, incredulidade e revolta. Por isso acabei considerando a Avery uma das personagens mais fortes que já tive a oportunidade de conhecer, pois apesar de passar por uma das piores situações que poderia, ela tornou-se uma jovem independente e decidida, que não se deixou abater por esse trauma. 

A edição está ótima, gostei bastante da capa - um dos motivos pelos quais comecei a leitura, outro foi pela divulgação da editora em seu Facebook, acabei optando pela leitura por saber que não seria fácil, gosto bastante de livros que trazem à reflexão temas delicados de serem abordados. A diagramação está boa,  achei a fonte um pouco pequena (a cega) - mas nada que atrapalhe a leitura. A narração é fluida e permite ao leitor conhecer todas as nuances dessa protagonista que me conquistou, assim como Cameron Hamilton que irá fazer com que você torça para que Avery aceite seus convites insistentes para sair. Sem dúvida, uma ótima leitura e como disse Cora Carmack, na capa, Cam conquistou meu coração. 


"Tudo estava bem. Talvez não perfeito, mas a vida não era para ser perfeita. Era confusa, e, às vezes, era desastrosa, mas havia beleza em meio à confusão e poderia haver paz em meio ao desastre." Página 380

1 comentários:

  1. Rafa!
    É um romance de superação dos traumas do passado, né?
    Deve ser um drama intenso, porque não é fácil superar grandes traumas antigos e ainda encontrar uma pessoa que a ama está disposta a esperar o momento certo para ficarem juntos.
    Desejo uma ótima semana!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!